quarta-feira, 19 de agosto de 2015

ASSALTO NA CEASA - QUEM DISPAROU O TIRO QUE MATOU A FUNCIONÁRIA DA TREMBÃO ?

18/08/15 23:25 - Horário de Brasília - Atualizado em 19/08/2015 - 06:45

Mariane Santos da Silva 24 anos, foi baleada e morta durante um assalto ocorrido segunda-feira dentro da CEASA em irajá. Funcionária desviada de função, ela, em companhia de outros dois funcionários desarmados, (um deles também foi baleado e morto) levavam, como de costume um malote de dinheiro com a féria do final de semana da empresa TREMBÃO, para depositar numa agência bancária no interior do MERCADÃO localizado em Irajá.



Seria mais um caso de assalto, não fosse a intervenção de SEGURANÇAS que ao perceberem a ação de um dos criminosos que atacou a jovem por trás e lhe tomou o malote de dinheiro, reagiram atirando. 

O VÍDEO é claro. O segurança saca a ARMA e dispara na direção do criminoso diversas vezes. Mariane está na linha de tiro e acaba baleada no peito. Segue-se intenso tiroteio e um dos acompanhantes de Mariane também é alvejado, (Antenor da Silva Rios) 
e aí, vê-se que pelo homem que tomou o malote da jovem e por um segundo assaltante postado do outro lado da rua.

O tiroteio cessa diante do recuo dos seguranças, e Mariane dá alguns passo e cai. Não houve como socorrer a jovem. Os ladrões fogem levando o dinheiro.

A Polícia prende os seguranças que não tinham porte de arma e não atuavam de forma oficial. Eles, ao que tudo indica, não tem formação para atuar na função. Eis aí o primeiro erro.

O segundo erro, é comum a toda a cidade do Rio de Janeiro, e aos locais de grande movimento inclusive. Falta policiamento

O terceiro erro, é fazer de forma regular, com dia e hora inalterados, o transporte de valores. Há sempre quem conheça a rotina, e quem entregue a vítima aos seus algozes. pela maneira como tudo se passou, 99% de crime de emboscada.

Quarto erro, colocar gente despreparada para transportar valores.


Agora uma coisa praticamente certa. vejam a imagem, uma, duas, três vezes... lamentável mas, repito, quase certo que o tiro que atingiu o peito da funcionária da TREMBÃO saiu da arma do segurança. Ele atirou no assaltante, mas... errou. Em nenhum momento Mariane se vira, e isso aponta que pela arma de algum dos assaltantes ela seria baleada nas costas. Os assaltantes que davam cobertura ao homem que veio correndo arrancar o MALOTE, só atiram quando ele se afasta, e nesse momento Mariane já estava baleada, com a mão sobre o peito. 

A POLÍCIA já deve ter apreendido a arma dos seguranças. vai apurar a procedência, vai apurar quem colocou aqueles homens ali para exercer uma função ilegal, e vai comparar a bala que matou a jovem com a das armas apreendidas.

Eu quero muito estar errado, pois isso, meu erro quanto a autoria do disparo que matou MARIANE, não traz a jovem de volta e nem diminui a perda de sua família, mas minimizaria a gravidade do ocorrido, entretanto..., o resultado da balística vai esclarecer tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA