sábado, 27 de junho de 2020

ALANA PASSOS PSL/RJ - A DEPUTADA E A "ASSESSORA" QUE SE DECLARA PASSADEIRA, LAVADEIRA, COZINHEIRA ... EMPREGADA DOMÉSTICA



No Rio, deputada bolsonarista nomeia empregada doméstica como assessora parlamentar.

ESSA A MANCHETE DE VÁRIOS JORNAIS


OPINIÃO
A DEPUTADA deveria ter vergonha de se ver nessa situação e renunciar.

Pelo simples fato de achar que pode ter um "gabinete parlamentar" dentro de seu domicílio, a Deputada deveria renunciar.

É mais uma a se eleger com um discurso que na prática não se concretiza. Envergonha a BOA POLÍTICA, envergonha as Forças Armadas de onde é oriunda. Envergonha a todos que nela acreditaram ( de boa fé) e confiaram o voto.

Diante dos fatos, do depoimento da empregada, e de uma simples análise do absurdo que é a "desculpa esfarrapada" apresentada pela Deputada Alana Santos, ela deveria RENUNCIAR, mas ... 



Como tantos outros já fizeram isso e não deu nada, (Como não deu em nada o caso da VAL do AÇAÍ.) ou quase nada, como na ALERJ, e em outras casas LEGISLATIVAS e até por parte de quem hoje ocupa o Palácio do Planalto, essa prática é "corriqueira", não vai dar em nada. 

A ALERJ DEVERIA ABRIR UMA SINDICÂNCIA NO CONSELHO DE ÉTICA, mas ...

Ainda é capaz de a senhora, Fabiana Cristina da Silva que se declarou empregada doméstica, assustada e envergonhada, vir a público se desmentir. Quem sabe a máquina de ROBÔS bolsonaristas não conseguem "provar' que foi uma "armação" do repórter da TV GLOBO que persegue o 'mito' e quem lhe apoia ???? 

Quem sabe não conseguem para ela (Fabiana) umas férias num sítio de ATIBAIA até que tudo seja esquecido ???

Aliás, vendo as fotos, me lembro daquele ensinamento bíblico: "Más companhias, corrompem bons costumes".

domingo, 31 de maio de 2020

ALPHAVILLE - RICAÇO AMEAÇA MULHER, OFENDE POLICIAIS E ACABA DETIDO. NA PERIFERIA TERIA ENTRADO NO CACETETE




A ÚNICA COISA QUE SE PODE AFIRMAR, DENTRE OS VÁRIOS PALAVRÕES E AGRESSÕES COMO FORMA DE AMEAÇAR E COAGIR OS POLICIAIS QUE ATENDERAM A OCORRÊNCIA NO CONDOMÍNIO DE LUXO DE ALPHAVILLE EM SÃO PAULO, É QUE O LOCAL ONDE SE DÁ A AÇÃO POLICIAL TEM PESO NA FORMA DE REAGIR DOS POLICIAIS.

UM EMPRESÁRIO BRANCO, RICAÇO E VISIVELMENTE TRANSTORNADO, PASSA VÁRIOS MINUTOS OFENDENDO UM POLICIAL E A POLÍCIA MILITAR COMO INSTITUIÇÃO, SEM QUE O "CASAL" DE PMs QUE ATENDIAM A OCORRÊNCIA VÁ PARA CIMA DELE. AÇÃO CORRETÍSSIMA, DIGA-SE DE PASSAGEM. 

OS POLICIAIS PEDIRAM REFORÇO E O HOMEM FOI DETIDO, LEVADO A DELEGACIA ONDE FOI AUTUADO POR DESACATO E RESISTÊNCIA.

A MULHER PREFERIU NÃO CONFIRMAR A QUEIXA. APÓS SER CHAMADA DE PUTA E VAGABUNDA, PREFERIU ARRISCAR DE VOLTAR PARA CASA. DEUS PERMITA QUE NÃO OCORRA COISA PIOR

FICA PORÉM A CERTEZA, FOSSE UM NEGRO, NA PORTA DE UM BARRACO NA FAVELA QUE DISSESSE UM DÉCIMO DOS DESAFOROS, E ELE TERIA ENTRADO NA PORR@DA, TOMADO UM MATA-LEÃO, SERIA ALGEMADO, JOGADO NA CAÇAPA DA VIATURA E, QUEM SABE ATÉ PERMANECERIA DETIDO.


segunda-feira, 25 de maio de 2020

FAKE-NEWS GERA CONDENAÇÃO ! EMPRESÁRIO BOLSONARISTA FAZ ACUSAÇÃO E OFENDE REITOR POR "OUVIR DIZER"



ENTÃO É ASSIM QUE ESSE SENHOR SE COMPORTA ?


DO UOL

O empresário catarinense Luciano Hang, um dos mais engajados aliados do presidente Jair Bolsonaro, foi condenado pela Justiça de São Paulo a indenizar o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, em R$ 20,9 mil. No dia 24 de julho de 2019, o proprietário da rede de lojas Havan, famoso pelos seu terno verde-bandeira, escreveu em seu twitter que o reitor da Universidade de Campinas havia, durante uma formatura, gritado "Viva la Revolução", conforme lhe contara um amigo. 

Hang terminou o post com um comentário: "E depois dizem que nossas universidades não estão contaminadas? Vá pra Venezuela Reitor FDP".

Resumo da História

O REITOR não estava presente na tal formatura. Assim não poderia ter gritado nada.

Ninguém sabe ao certo se houve mesmo esse tipo de grito, ou algo parecido.

Fica evidente a obsessão de alguns com essa questão do COMUNISMO, REVOLUÇÃO DE ESQUERDA. Vendo fantasma onde não existe, são cegos para os fatos que de fato roubam do Brasil e dos Brasileiros sua independência e soberania.

Por falar demais o empresário foi condenado. Diante de fato tão flagrantemente ilegal e ofensivo, se recorrer, deve ter a sentença confirmada. O problema é que o referido senhor já tem outra condenação, desse jeito ...

As Matérias mais lidas da SEMANA