domingo, 12 de setembro de 2010

ADMINISTRADOR DE BENS DA ARQUIDIOCESE DO RIO DE JANEIRO (ABÍLIO NOVA) VAI SER DENUNCIADO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO.


Sob a acusação de evasão de divisas (foi preso em flagrante tentando deixar o país com dinheiro não declarado) o integrante da Arquidiocese do Rio de Janeiro, Abílio Ferreira (Monsenhor e Pároco) vai ser denunciado pelo MPF no início da semana.

Apesar do crime de evasão de divisas, ser, inafiançável, o padre de 77 anos encontra-se em liberdade e assim vai se defender das acusações. Ele alega que o dinheiro em seu poder (R$ 116 mil) é fruto de economias e que seria levado para familiares e necessitados de sua região de origem em Portugal, para onde pretendia viajar quando foi preso pela Polícia Federal que recebeu denúncia anônima.

Monsenhor Abílio ocupa importante posição na hierarquia e administração da Arquidiocese do Rio de Janeiro, e, sua prisão e envolvimento num caso policial causaram grande desconforto na cúpula da igreja católica.

<>

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA