domingo, 4 de dezembro de 2016

BILHETE ÚNICO CONTINUA VALENDO POR DECISÃO DA JUSTIÇA

VALENDO !


SUSPENSÃO DO BILHETE ÚNICO CAUSARIA IMENSO PREJUÍZO AOS TRABALHADORES.

METRÔ-RIO, BARCAS S/A, SUPERVIA E FETRANSPORT, já tinham decidido suspender o BILHETE ÚNICO INTERMUNICIPAL a partir da zero de segunda-feira. 

O Trabalhador que pagava em média R$ 6,50 por duas viagens em período de até 3 horas, teria então que pagar o preço da TARIFA CHEIA.

A PROCURADORIA GERAL DO ESTADO entrou com pedido de LIMINAR, e a JUSTIÇA, através do PLANTÃO JUDICIÁRIO - 7a. VARA CÍVEL - Dr(a) ANDREIA FLORÊNCIO BERTO, acatou e DETERMINOU sob pena de aplicação de multa da ordem de R$ 500.000,00 / dia, que as concessionárias continuem cobrando o valor normal, incluído o subsídio do Estado.

O governo afirmou em seu pedido à Justiça, que a interrupção do Bilhete Único não pode ser feita de maneira unilateral, que contratos só podem ser rescindidos se o atraso superar 90 dias, e que  
"não é razoável que o atraso de apenas uma semana no pagamento do subsídio possa gerar a interrupção de um programa que foi integral e pontualmente cumprido ao longo dos últimos seis anos".


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA