domingo, 26 de junho de 2016

SEGURANÇA DE PREFEITO DO RIO É MORTO EM ASSALTO NA PAVUNA

TENENTE FAZIA PARTE DA EQUIPE QUE PROTEGE O PREFEITO EDUARDO PAES E REAGIU A UM ASSALTO NA PAVUNA
Tenente Denilson, deixa mulher e dois filhos. Quando nem os policiais conseguem defender a própria vida, é sinal que a violência e a criminalidade estão fora de controle.

A insegurança e violência no Rio de Janeiro, culminou com mais uma morte em decorrência de assalto. O TENENTE DA POLÍCIA MILITAR - Denilson Theodoro de Souza, de 48 anos, foi baleado e morto, ontem - sábado 26/06, ao reagir a uma tentativa de assalto na Pavuna, Zona Norte do Rio. 

O policial estava de folga, e em companhia do cunhado, quando criminosos o abordaram para tentar levar seu carro, na Rua Sargento Antonio Ernesto. Na troca de tiros o tenente Denilson foi BALEADO.

Apesar de socorrido, ele não resistiu aos ferimentos e acabou indo a óbito no Hospital da sua corporação. O prefeito do Rio, Eduardo Paes lamentou a morte do policial.

A CIDADE DO RIO, lamenta pela morte do policial, pelas tanta outras mortes que ocorrem em número elevadíssimo por conta de assaltos, balas perdidas, execuções...nessa GUERRA CIVIL em que a nossa CIDADE OLÍMPICA ?? vive.

As Matérias mais lidas da SEMANA