segunda-feira, 15 de setembro de 2014

CORRUPÇÃO NO ALTO COMANDO DA POLÍCIA MILITAR DO RIO - OFICIAIS PRESOS POR FORMAÇÃO DE QUADRILHA

Uma operação da Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro e do Ministério Público (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), prendeu no dia de hoje, 25 PMs, entre eles um Coronel, dois majores e dois capitães, todos acusados de formar uma quadrilha que extorquia motoristas de VANS e Kombis, regularizadas ou clandestinas.

Os postos ocupados pelos policiais presos, com destaque para o coronel Alexandre Fontenelle Ribeiro de Oliveira, terceiro na hierarquia da corporação e atual chefe do Comando de Operações Especiais (COE), impressiona, por levar o crime de corrupção para o seio da corporação.

A operação de hoje é um desdobramento de investigação que começou em 2012. 

Segundo o MP, a quadrilha de PMs endurecia fiscalização para receber propina, e funcionava em "PARCERIA" de maus policiais dos 14o. BPM e 41o. BPM.

Na casa do major Edson Alexandre Pinto de Góes (coordenador de Operações) e apontado como o oficial responsável pela parte financeira da quadrilha, foram apreendidos R$ 287 mil, 

O Ministério Público vai acionar os integrantes da quadrilha por dano à imagem da Polícia Militar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA