segunda-feira, 25 de agosto de 2014

ARRASTÃO NAS PRAIAS DA ZONA SUL - POLÍCIA CHEGA ATRASADA

FALTA CONTINUIDADE NO POLICIAMENTO OSTENSIVO DA CIDADE - A POLÍCIA CORRE SEMPRE ATRÁS. OS CRIMINOSOS SE ANTECIPAM, E DEITAM E ROLAM


O Policiamento Preventivo / Ostensivo na Cidade do Rio de Janeiro apresenta falhas gravíssimas, que vão da falta de efetivo a um Planejamento PÍFIO, que além de não valorizar a continuidade das ações, parece incapaz de se antecipar aos fatos e a determinados eventos.

No cobertor curto, tira-se policiais de uma determinada área, para cobrir outra, quando o número de ocorrências em certo ponto aumenta muito, chama  atenção, ou ocorre algum crime de repercussão.

Após o assassinato de um engenheiro na Avenida Marechal Rondon - Grande Méier - o "policiamento foi reforçado". Três criminosos que praticavam assaltos na área foram presos.

Ontem foi a vez do "ARRASTÃO NA PRAIA - O RETORNO" - Quantas vezes nós já assistimos a esse filme ? Ou seja, nem a GM e muito menos a PM, possuem um ESQUEMA de POLICIAMENTO de rotina - contínuo - capaz de realizar as ações de combate aos roubos nas praias da Zona Sul, ainda que em dias de maior frequência seja necessário reforço.

E o que fazem as autoridades que tem obrigação de CUIDAR DOS MENORES INFRATORES ? Os que são detidos logo estão de volta ao mesmo local, sem que haja uma conduta capaz de responsabilizar os pais, ou, submeter esses jovens a algum tipo de ação sócio-educativa eficaz, capaz de afastá-los das atividades criminosas em que estão se iniciando.


Série de roubos a banhistas durou quatro horas no Arpoador e Leblon - 
Grupos causaram pânico e correria nas areias das praias

Rio - Domingão ensolarado em pleno inverno. O que seria um dia agradável de lazer acabou se tornando um transtorno para dezenas de banhistas que se divertiam na tarde deste domingo nas praias do Arpoador e Leblon, na Zona Sul. Cariocas e turistas foram roubados por bandos formados em sua maioria por menores em diversos pontos da orla. As ações duraram das 13h às 17h, quando policiais do 23º BPM ( Leblon), com o apoio do Batalhão de Choque, conseguiram conter a ação dos assaltantes que passavam correndo levando bolsas, celulares, tênis e outros objetos, causando pânico.,,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA