sábado, 26 de abril de 2014

SUB-COMANDANTE DA PM DO RIO DE JANEIRO É ALVO DE EMBOSCADA NA BARRA DA TIJUCA

OITO HOMENS DIVIDIDOS EM QUATRO MOTOS TENTARAM EXECUTAR O CORONEL RICARDO PACHECO QUANDO ELE DEIXAVA UMA CONCESSIONÁRIA DE VEÍCULOS


CARRO BLINDADO E REAÇÃO FIRME SALVARAM A VIDA DO CHEFE DO ESTADO MAIOR DA POLÍCIA MILITAR DO RIO DE JANEIRO
======================================================================
Coronel Ricardo Pacheco, '02' da corporação, foi vítima de atentado na Barra, quando trocou tiros com oito bandidos
ROBERTA TRINDADE

Rio - A Polícia Civil está investigando o atentado sofrido pelo chefe do Estado-Maior Administrativo da PM, coronel Ricardo Coutinho Pacheco, de 52 anos, na quinta-feira. O oficial saía de concessionária de automóveis na Barra da Tijuca, quando foi surpreendido por oito homens em quatro motos. O oficial, que estava em um veículo blindado da corporação, atropelou um dos veículos e chegou a trocar tiros com os bandidos. Na fuga, ele bateu em vários carros e ultrapassou diversos sinais até chegar à delegacia, onde pediu ajuda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA