sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

COMUNIDADE DA ROCINHA PROTESTA POR MORTE DE MORADOR E INTERDITA ESTRADA DA GÁVEA

Foto - Severino Silva - Agência O Dia

Após um homem ser morto em tiroteio na Favela da Rocinha, moradores que afirmam que a vítima não teria envolvimento com o tráfico de drogas, e que foi morto por um policial militar, realizaram um protesto, deixando o clima na região da favela e suas proximidades bastante tenso. 

Os Moradores da Favela da Rocinha desceram e promoveram manifestação, com interdição da Estrada da Gávea, protestando contra a morte de Edilson Rodrigues da Silva Cardoso, de 33 anos, que foi atingido durante tiroteio envolvendo traficantes e policiais na comunidade. 

Apenas agora a pouco, por volta das 13h, a via foi totalmente liberada ao trânsito, com a intervenção da PM.

O clima continua tenso na comunidade, que teve por volta das 10h uma queima de fogos que assustou moradores e comerciantes, logo em seguida traficantes deram ordem para o fechamento do comércio na localidade.

A PM afirma que o corpo da vítima foi encontrado caído num beco, que não há certeza de quem disparou o tiro que atingiu acidentalmente o morador. As armas dos policiais foram entregues para a Divisão de Homicídios (DH), que já investiga as circunstâncias da morte, logo após a Perícia que foi realizada no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA