sábado, 20 de julho de 2013

ROCINHA FECHA LAGOA-BARRA E MORADOR CONTINUA DESAPARECIDO

Inacreditável que ainda ocorram fatos assim. Uma pessoa é detida, levada até uma base, e liberada ao se constatar que ela não era o criminoso que a polícia pensou ser. Depois, essa pessoa desaparece como que por encanto. 

Tal absurdo tem sido motivo de protestos e de interrupções num ´ponto crítico de circulação pela Zona Sul da Cidade. A população da Rocinha quer saber onde está o morador desaparecido.

Manifestantes da Rocinha voltam a fechar autoestrada Lagoa-Barra em protesto contra sumiço de morador

Vladimir Platonow 

Rio de Janeiro – Moradores da favela da Rocinha, no bairro de São Conrado, voltaram a ocupar, no início da noite desta sexta-feira (19), as pistas da Autoestrada Lagoa-Barra, na zona sul da cidade. Eles protestam contra o sumiço de um morador que, segundo os manifestantes, foi visto sendo levado para a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

Por causa da manifestação, o trânsito na região, que normalmente é congestionado no horário, ficou parado. Os túneis Rafael Mascarenhas e Zuzu Angel foram fechados nos dois sentidos. A prefeitura desviou o fluxo de veículos para a Avenida Niemeyer, que liga o Leblon a São Conrado pela orla.

É a segunda vez esta semana que os moradores da Rocinha bloqueiam a autoestrada, exigindo informações sobre o desaparecimento. O ato ocorreu na quarta-feira (17) e provocou um grande engarrafamento na região. Na mesma ocasião, outro grupo de manifestantes fazia um protesto nas proximidades da residência do governador Sérgio Cabral, no Leblon, e que resultou em ações de vandalismo perpetradas por baderneiros infiltrados na manifestação.

Edição: Aécio Amado

Um comentário:

  1. ja deu essa historia de manifestaçao né?! isso é pretesto pra quebrar tudo... oposiçao querendo desestabilizar o governo a qualquer custo

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA