quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Pais buscam em delegacia pertences de filhos mortos durante incêndio de boate



Santa Maria (RS) - Passados quatro dias do incêndio na Boate Kiss, vítimas e parentes de pessoas que morreram estiveram hoje (30) na delegacia em busca de documentos e para cobrar rigor no esclarecimento da tragédia. "Vamos ver se futuramente os pais se unem para se apoiar e tomar providencias, porque na impunidade isso não pode ficar. Não vou deixar isso passar em branco. Alguém tem que ser responsabilizado", disse Maria Odete Campos, mãe da estudante Michele Campos, que morreu na boate.

Maria Odete e o marido, Sergio Renato Campos, foram buscar os documentos de Michele na delegacia. A garota de 18 anos cursava o segundo semestre de medicina veterinária na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Inconformado, o pai culpa a omissão das autoridades pela tragédia. "Eu culpo 100% a prefeitura e os bombeiros pela morte da minha filha. Aquela boate não poderia estar funcionando de jeito nenhum! Foi falta de fiscalização", disse.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA