quarta-feira, 3 de outubro de 2012

JUSTIÇA QUER LEVAR ISAÍAS DO BOREL DE VOLTA PARA A CADEIA

Não existindo prisão perpétua no Brasil, um dia o detento tem de ser solto. Vamos ver se o Isaías da Costa está mesmo recuperado e disposto e em condições de viver em sociedade no caso da Justiça decidir que ele deve ser novamente levado para a Penitenciária de Rondônia. Enquanto a sua situação não se resolve e ele está legalmente em liberdade, bom seria não aparecer no Rio de Janeiro, para não despertar qualquer suspeita de ligação com o tráfico e para não correr o risco de ter o esmo fim do cabo Bruno. 


Rio - Após cumprir 22 anos da sentença de 40 anos à qual foi condenado, o ex-traficante Isaías da Costa Rodrigues, 55 anos, o Isaías do Borel, conseguiu liberdade condicional. Ele, que foi um dos principais chefes do tráfico do Rio, estava na Penitenciária Federal de Porto Velho (Rondônia) e foi solto na segunda-feira, por volta das 20 h, por decisão da 3ª. Vara Federal de Rondônia. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ) lamentou a concessão do benefício e vai recorrer da decisão.

Segundo a advogada de Isaías do Borel, Mirtes Lemos Valverde, ele não volta para o Rio de Janeiro. Hoje, ela vai encaminhar uma petição ao juiz Marcelo Meireles Lobão, responsável pelo parecer de soltura, dizendo que seu cliente não tem intenção e não vai retornar para o Rio. Diz ser provável que ele se mude para o Sul.

LEIA + AQUI


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA