segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

GREVE DE ÔNIBUS NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO – RODOVIÁRIOS PARAM POR 24 HORAS.



Os rodoviários (motoristas e cobradores) da Cidade do Rio de Janeiro, ligados ao (Sintraturb-Rio), decidiram por uma paralisação dos ônibus na Capital por 24 horas, com início a partir de meia-noite. As duas reivindicações básicas são o fim do cargo de motorista-júnior, que acumula a função de cobrador, além de aumento salarial.

A adesão dos rodoviários à greve será um teste ao poder do SINTRATURB-RIO, que é na verdade um sindicato novo e dissidente do Sindicato dos Rodoviários do Rio de Janeiro. Não se pode prever a extensão da paralisação e suas conseqüências para a população que utiliza os ônibus.

Os patrões já se manifestaram através da RIO-ÔNIBUS, considerando o movimento de greve ilegal e prejudicial à população.

<>


domingo, 30 de janeiro de 2011

TRÁFICANTES BUSCAM ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM AS UPPs – NO COMPLEXO DO ALEMÃO ELES JÁ ARMAM BARRICADAS.



Uma operação da Polícia Civil realizada no Morro da Babilônia (Leme) Zona Sul do Rio de Janeiro, que foi ocupado pela PM e possui uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), terminou com 13 presos por tráfico de drogas. A OPERAÇÃO foi desencadeada após investigação que durou seis meses, e expedição de mandatos de prisão pela Justiça.

Entre os presos estão dois jovens de classe média, apontados como fornecedores de drogas para jovens até mesmo em festas de luxo promovidas em apart-hotel do Leblon.

A Justiça expediu 21 mandados de prisão, dos quais 13 foram cumpridos, houve uma prisão em flagrante. Um dos presos é suspeito de ter participado dos recentes ataques a ônibus na Cidade.

Os agentes iniciaram a operação por volta das 6h, e, a maioria dos suspeitos detidos ainda dormia quando foram presos no Morro da Babilônia, Pavão-Pavãozinho (Copacabana), em Botafogo, no apart-hotel do Leblon e na Cruzada São Sebastião.

Segundo a Delegada Monique Vidal “O tráfico existe nas comunidades pacificadas. É mais fraco, mais pobre, sem uso de armas. Mas tanto é tráfico que os mandados de prisão são por esse crime”.

Fica evidente que o tráfico está à procura de um espaço para continuar agindo nas áreas ocupadas pela Polícia e pelo Estado. Nem bem a quantidade de UPPs alcançou o número desejado, e, as ações complementares foram plenamente colocadas em prática pelo Estado, levando cidadania, serviços e ordem as comunidades, e já estamos diante de outro desafio, permitir que o tráfico continue, embora sem poder de fogo, presente, e, conseqüentemente aliciando os jovens e oferecendo perigo.

No Complexo do Alemão, a situação é ainda mais grave. Lá, a quantidade de traficantes conhecidos da população local, mas, sem ficha criminal, e, portanto, não passíveis de serem detidos é grande. Eles ainda ameaçam, mantém o tráfico ativo, escondem armas que não foram encontradas pela Polícia ou Exército, e a conta gotas estão acertando “contas” com quem acham que os denunciaram. O efetivo policial-militar no local, embora grande, não é capaz de exercer o controle necessário. Segundo matéria de um jornal paulista, os traficantes estão voltando e até montando barricadas.

<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>




sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

CORONEL “VINGADOR” SE ENTREGA – OFICIAL É ACUSADO DE “JUSTIÇAMENTO” DE POSSÍVEIS ENVOLVIDOS NA MORTE DE SEU FILHO.



BBB – PARANÁ/BR - O ex-comandante do Corpo de Bombeiros do Paraná, Coronel Jorge Luiz Martins, se entregou à polícia no início da tarde de hoje. Ele teve a prisão temporária determinada pela Justiça catarinense, acusado de matar nove pessoas, e está preso no Quartel da Polícia Militar em Curitiba.

Segundo investigação policial, o Coronel é suspeito de 14 tentativas de homicídios, sendo que em nove delas teria conseguido o objetivo de nove vítimas fatais. Todos os que foram alvo dos atentados eram usuários de drogas do bairro Boqueirão, onde o filho do Coronel Jorge Luiz, Jorge Guilherme Marinho Martins, de 26 anos, foi morto durante um assalto em outubro de 2009.

A série de atentados e crimes atribuídos ao Coronel Jorge, começou em agosto do ano passado, depois que os acusados de matar seu filho, ganharam a liberdade por falta de provas. As vítimas dos ataques não tinham ligação direta com a morte do filho de Martins, mas os dois assaltantes suspeitos de terem matado Jorge Guilherme eram viciados.

A investigação policial abrange um total de 25 assassinatos no Bairro Boqueirão, e segundo testemunho de vítimas dos atentados, o Coronel Jorge Luiz Martins passava num veículo escuro e efetuava os disparos. Um dos sobreviventes o reconheceu através de foto como autor dos disparos. Existem ainda relatos de que o ‘atirador’ deixava um bilhete dizendo que ainda restavam mais pessoas a serem mortas em resposta à morte do filho.

A defesa do Coronel alega sua inocência e classifica as provas anexadas ao inquérito como fracas. O advogado de defesa, Eurolino Reis, disse que: "Ele trabalhou 37 anos no Corpo de Bombeiros e chegou no mais alto escalão, e pior, perdeu o filho recentemente e agora perde a liberdade por conta de uma investigação mal feita e tendenciosa".

Mas, na manhã de hoje, a polícia voltou à casa do coronel e apreendeu munições compatíveis com as utilizadas nos crimes, o que reforça a tese do secretário estadual da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida, de que não existe um grupo de extermínio, e que a ação do coronel foi um fato isolado, de desespero motivado pela perda do filho.

<>



quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

VIOLÊNCIA NO GRANDE MÉIER - DOIS BALEADOS NA RUA ITAPEMA




Dois homens foram baleados hoje pela manhã na Rua Itapema, Engenho de Dentro, área do Grande Méier. Luiz Eduardo Silva, empresário e morador no local, conhecido como "Dudu" e um rapaz que passava pelo local, Bruno de Oliveira.

Ambos foram socorridos por integrantes de uma viatura da Polícia Militar e levados em mais um veículo particular para o Hospital Municipal Salgado Filho no Méier, onde foram operados. Segundo informações Luiz Eduardo levou dois tiros, um deles atingindo a região da virilha, e Bruno foi atingido por estilhaços das balas na região do abdomen. O estado das vítimas é considerado estável apesar da gravidade dos ferimentos.

A investigação do crime está sob a responsabilidade da 24a. DP, que trabalha com a hipótese de tentativa frustrada de assalto ou atentado contra Luiz Eduardo. Segundo pessoas que assistiram ao fato, os criminosos ocupavam um veículo de cor prata, e após os disparos fugiram em alta velocidade.

<>

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

NA MAIOR OPERAÇÃO CONTRA A PIRATARIA NO BRASIL, POLÍCIA E RECEITA INVADEM O CAMELÓDROMO DA URUGUAIANA NO RIO

Rio de Janeiro - A Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM), da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Receita Federal e Associações contra a pirataria, estão desde as primeiras horas da manhã de hoje (quarta-feira, 26/01) realizando uma gigantesca operação no chamado Camelódromo da Rua Uruguaiana, no Centro da Cidade (veja o mapa do local). O trabalho dos agentes está causando grande alvoroço, curiosidade e provoca retenções no trânsito da Avenida Presidente Vargas.

A delegada Valéria Aragão, titular da DECPIM declarou que "O poder público não vai mais tolerar a pirataria em um espaço como a Uruguaiana. Quando o camelódromo foi criado, há 16 anos, era para o comerciante que não tem oportunidade no mercado formal”.

A operação é talvez a maior já realizada no Brasil, devendo se prolongar até o próximo sábado, e tem o objetivo de fiscalizar as mercadorias vendidas, sua procedência e legalidade, assim como a regularidade do funcionamento dos 1508 boxes ali instalados.


A expectativa das autoridades é que sejam recolhidos R$ 20 milhões em produtos falsificados. Até agora os agentes já apreenderam equipamentos eletrônicos, CDs e DVDs sem nota fiscal e identificaram “verdadeiros atacadistas” da pirataria, que chegam a ter até 10 espaços, administrados pelos denominados “laranjas”.

O CERCO AO LOCAL

O camelódromo foi cercado pelos agentes envolvidos na operação logo ao amanhecer, e poucos boxes abriram. Todos os acessos ao local estão sob vigilância para impedir a fuga de elementos procurados e a saída de mercadorias. Caminhões e Vans da Receita Federal estão no local para levar produtos falsos ou contrabandeados que forem apreendidos..

Segundo ainda a delegada Valéria Aragão, titular da DRCPIM, o lucro com a pirataria a já rende mais que o narcotráfico. Autoridades da área fazendária estimam que R$ 30 Milhões deixem de ser recolhidos em impostos e dois milhões de empregos formais deixem de ser gerados por conta das falsificações.




terça-feira, 25 de janeiro de 2011

A TRAGÉDIA DAS CHUVAS – COMO ESTÁ A REGIÃO SERRANA DUAS SEMANAS DEPOIS DA "TSUNAMI".

.

A situação na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro vai aos poucos ganhando ares de normalidade. O trabalho intenso continua para limpar as cidades, desobstruir pequenas estradas e vias de acesso aos bairros mais longínquos do Centro das três Cidades mais afetadas. As principais estradas de acesso já estão todas liberadas ao tráfego, embora algumas ainda com trechos de apenas meia pista.

Petrópolis luta para atrair os turistas e visitantes habituais, divulgando a informação de que o Centro da Cidade, seus principais pontos culturais, de diversão, além da rede hoteleira, estão funcionando normalmente.

Nova Friburgo busca reerguer seu pólo de confecção, Teresópolis prepara um plano de reconstrução.

A ajuda já chegou a quase todos os necessitados, mas, ainda é preciso muita água, alimento, produtos de higiene e limpeza. A luta contra doenças prossegue com vacinação e atenção nos hospitais de Campanha.

O número de mortos já ultrapassa a casa dos 800, e aproximadamente 350 pessoas são contadas como desaparecidas, o que dá bem a dimensão da tragédia.

O trabalho de reconstrução está só começando.

<>

domingo, 23 de janeiro de 2011

COMPLEXO DO ALEMÃO – MILITARES ACUSADOS DE SAQUE E ABUSOS – TENENTE DO EXÉRCITO É AFASTADO E UM MORADOR ASSASSINADO.



O Complexo do Alemão na Zona Norte do Rio de Janeiro segue apresentando sinais claros do quanto é difícil reverter à situação de violência e desmandos em que esteve mergulhado por muitos anos.

As notícias não são apenas as de limpeza da região, chegada de serviços públicos e sensível melhora nas condições de vida da população. Apesar da segurança reforçada em todas as favelas que compõem o Complexo, os casos de moradores assassinados continuam a ocorrer, e, a população atribui a traficantes que não chegaram a ir embora e outros que retornaram, a autoria dos crimes que teriam como pano de fundo acerto de contas e vingança de chefes do tráfico que mandavam em toda a região, até a invasão e tomada das Forças de Segurança. Na madrugada de ontem, J. S. C. de 21 anos foi morto a facadas por um grupo de homens, o crime aconteceu na Vila Cruzeiro.

Mas, os problemas vão muito além, e significam um desafio para as autoridades de segurança. A extensa área que precisa ser policiada exige um efetivo numeroso, nem sempre controlado de forma efetiva. Graves acusações continuam sendo feitas contra Policiais Militares e até integrantes do Exército.

Um Tenente da Brigada de Paraquedistas do Exército foi afastado de suas funções, acusado de ter saqueado a casa de um morador, de onde teria levado um aparelho de ar-condicionado e uma televisão.

As denúncias estão sendo apuradas.

<>

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

PREVENÇÃO DE TRAGÉDIAS ATRAVÉS DE SIRENES - POPULAÇÃO DE ÁREA DE RISCO SERÁ AVISADA DO PERIGO.


O prefeito da Cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes apresentou nesta sexta-feira, no Morro do Borel, (Tijuca – Zona Norte) a primeira das aproximadamente 60 sirenes que serão instaladas em comunidades para alertar a população sobre riscos de deslizamento e desabamento em caso de chuvas fortes.

Os equipamentos serão instalados nos locais mapeados pela Geo-Rio, que identificou pontos com alto risco de deslizamento em 117 comunidades da Capital.

Acompanhado pelo subsecretário de Defesa Civil, coronel Sérgio Simões, e pelo secretário de Habitação, Jorge Bittar, o próprio prefeito Eduardo Paes deu as instruções aos agentes de Defesa Civil, que estão encarregados de passar as orientações aos moradores da comunidade.

O prefeito disse que o sistema de alarme representa a ponta de todo um trabalho da prefeitura no sentido de assegurar a diminuição dos riscos de pessoas ficarem soterradas em caso de chuva forte. ”Além disso, contamos com um centro de operações moderno, com equipamentos de última geração - disse o prefeito”.

O Centro de Operações Rio será responsável por monitorar o índice pluviométrico de cada região, e vai acionar a sirene diretamente de sua sede, sempre que necessário. No caso do Morro do Borel, as famílias que tiverem de deixar as suas casas serão encaminhadas ao Ciep Antoine Magarinos, na Rua São Miguel.

A iniciativa da prefeitura do Rio é de fato muito importante. Além das sirenes, 1875 agentes de Saúde e Defesa Civil e 300 líderes comunitários estão recebendo capacitação para atuar nas primeiras ações em situações de chuvas, alagamentos, deslizamentos de encosta e risco de desabamento.

<>

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

HELICÓPTERO DO EXÉRCITO CAI EM NOVA FRIBURGO – VENDAVAL DERRUBOU AERONAVE E DEIXOU CINCO FERIDOS.

Um helicóptero do Batalhão de Aviação do Exército, modelo Esquilo, que participa das operações de socorro às vítimas da enchente da Região Serrana, caiu no início da tarde de hoje em Nova Friburgo, na Região agrícola do Município. Além de três militares estavam a bordo mais dois passageiros, sendo um funcionário da Prefeitura de Teresópolis, Ricardo Raposo e Herculano Abraão membro de uma cooperativa de produtores rurais.

Os feridos foram imediatamente socorridos e levados para o hospital de campanha da Marinha, instalado no Centro de Friburgo, todos com ferimentos de leves a moderados, mas, sem risco de morte.

O acidente ocorreu por volta das 12h30m, quando o helicóptero já se encontrava em processo de pouso e estava a cinco metros do chão. A perícia do piloto foi fundamental, pois ele ainda conseguiu aterrissar em cima de uma montanha de esterco, o que amorteceu o impacto da queda.

<>

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

FALSO SEQUESTRO DE SOMÁLIA - JOGADOR É CONDENADO


SOMÁLIA VAI MANDAR AUXÍLIO COMPULSÓRIO PARA AS VÍTIMAS DA CHUVA NA REGIÃO SERRANA. JUSTIÇA ENQUADRA O JOGADOR.


O juiz Joaquim Domingos, do 9° Juizado Especial Criminal do Rio, condenou, nesta quarta-feira, o volante Somália a pagar R$ 22 mil em doações paras as vítimas das chuvas na Região Serrana do estado. Entre os artigos que o jogador terá de doar, estão cestas básicas, fraldas descartáveis, material escolar, roupas e material de higiene.


A Justiça concedeu ao jogador do Botafogo a possibilidade de parcelar a doação, assim, Somália terá que pagar R$ 12 mil até dia 27 de janeiro, R$ 5 mil até 27 de fevereiro e R$ 5 mil até o dia 27 de março. A proposta da punição ao jogador, que apresentou uma falsa comunicação de crime, inventando que teria sofrido um seqüestro relâmpago para justificar seu atraso ao treino do Botafogo, foi apresentada pelo promotor Márcio Almeida.

Um envergonhado Somália apresentou seu pedido de desculpas:

"Queria pedir desculpas. Perdão, como filho, pai de família e cidadão. Perdão à torcida, que sempre me apoiou e vai continuar apoiando".

<>

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

NUVENS NEGRAS NO CÉU DO RIO DE JANEIRO - ALERTA DE TEMPORAL NA CIDADE

NUVENS NEGRAS NO CÉU DO RIO DE JANEIRO



A Capital do Estado do Rio de Janeiro, a Cidade Maravilhosa, também não está preparada para as chuvas de verão. O ALERTA PARA TEMPESTADE, agora mais eficiente com a entrada em operação de um radar Metereológico, permite que a população seja avisada com antecedência sobre as chuvas, mas, cheia de encostas com moradias ameaçadas de desabamento, pontos de alagamento e transbordamento de rios como o Maracanã e áreas como a PRAÇA DA BANDEIRA, além de bueiros entupidos por toda a Cidade, qualquer chuva mais forte causa sérios transtornos, e, se for mais demorada do que o comum, coloca a vida do carioca em sério risco.

Outro problema sério é a falta de energia, choveu, ventou, é quase certo que boa parte da população vai ficar no escuro.

Um temporal de grande intensidade está ameaçando cair nesse momento (17h20), raios, trovões e vento. É rezar para que fique só na ameaça, ou então passe logo (E SUPORTAR A PREOCUPAÇÃO E ANSIEDADE.)

<>

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

TRAGÉDIA DAS CHUVAS – RIO PARAÍBA DO SUL AMEAÇA INUNDAR REGIÃO NORTE DO ESTADO.

Era de se esperar. Com a quantidade de chuva que vem caindo em Minas Gerais e São Paulo o Rio Paraíba do Sul está apresentando um aumento consistente de seu nível, e já se encontra quase 11 metros acima do normal.

A comunidade da Ilha do Cunha já começou a ser inundada, E trinta famílias foram retiradas do local. Outras localidades de Campos do Goytacazes estão sob risco iminente de alagamento e a Cidade entrou em Alerta.

A cheia do rio Paraíba do Sul provocou a interdição da RJ-194, que liga Campos a São Francisco de Itabapoana.
<>

domingo, 16 de janeiro de 2011

CHUVAS NO RIO - PAPA BENTO XVI ENVIA MENSAGEM DE SOLIDARIEDADE ÀS VÍTIMAS DA TRAGÉDIA.

Papa se solidariza com vítimas da tragédia no Rio


Cristiane Ribeiro
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - O papa Bento XVI prestou solidariedade às vítimas da enxurrada na região serrana do Rio. O comunicado foi enviado à Arquidiocese do Rio de Janeiro pelo núncio apostólico dom Lorenzo Baldisseri, com base no telegrama transmitido pelo cardeal Tarcísio Bertone, secretário de estado do Vaticano.

“Consternado com as trágicas consequências das fortes chuvas que atingiram a região serrana do estado do Rio de Janeiro, particularmente as cidades de Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo, sua santidade o Papa Bento XVI pede a vossa excelência que transmita a certeza da sua solidariedade espiritual ao querido povo fluminense”, diz trecho do comunicado.

Edição: João Carlos Rodrigues

<<<<<<<>>>>>>>>

sábado, 15 de janeiro de 2011

TRAGÉDIA DAS CHUVAS – VOLTA A CHOVER NA REGIÃO SERRANA E SITUAÇÃO SE AGRAVA EM TODOS OS SENTIDOS.


Voltou a chover forte em Nova Friburgo, Teresópolis e restante da região serrana do Rio, desde o início da tarde deste sábado. A Prefeitura da Cidade de Nova Friburgo através da secretária municipal de Saúde, Jamila Calil Ribeiro, externou sua preocupação que a situação piore na cidade.

Por volta das 10h, foram enviadas equipes médicas para localidades de difícil acesso de Nova Friburgo, mas, com a ocorrência da chuva, as equipes ficaram com sua capacidade de atendimento limitada, havia o risco de não chegarem aos locais determinados ou até de isolamento sem podem retornar a cidade.

DOAÇÃO DE SANGUE E VACINAÇÃO

A unidade hospitalar de Nova Friburgo recebeu aproximadamente 30 bolsas de sangue do Hemorio, o que foi suficiente para manter o estoque e atender as cirurgias. Moradores estão recebendo vacina antitetânica. Foram enviadas pela Fiocruz 5.000 doses do medicamento nesta manhã.

Acesso está ameaçado

A principal via de ligação de Nova Friburgo está com uma parte de sua estrutura desabando. Uma forte correnteza atravessa a rodovia que parece estar se esfarelando. Caso continue a chover forte, a probabilidade de que esse acesso seja interrompido é grande.

<>

CHUVA NA REGIÃO SERRANA DO RIO – A TRAGÉDIA DO DESESPERO, SEDE E FOME.


A situação continua gravíssima na Região Serrana do Rio de Janeiro. Estradas continuam bloqueadas, alguns locais onde ocorreram grandes deslizamentos e quase certo que muitas pessoas estejam soterradas ainda não foram alcançados pelas equipes de resgate. O tempo ainda fechado e com a ocorrência de chuvas não ajuda, e obriga a que o trabalho seja mais lento no socorro necessário.

Falta água potável, comida e artigos de higiene. Sua ajuda é importante, aliás, é indispensável.

Saiba como ajudar e onde entregar a sua doação

Clique no Link – O Jornal O Dia traz a informação completa:
http://odia.terra.com.br/portal/rio/html/2011/1/confira_a_lista_de_locais_para_entrega_de_donativos_aos_desabrigados_das_chuvas_137524.html

Não Esqueça

DOAR SANGUE É FUNDAMENTAL NESSE MOMENTO

Todos os blogs do 007BONDeblog estão à disposição para ajudar naquilo que for possível.

<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>>

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

TRAGÉDIA DAS CHUVAS NO BRASIL – MINAS GERAIS EM ESTADO DE EMERGÊNCIA.

.

Em Minas Gerais o drama causado pelas chuvas já vem desde outubro de 2010. Hoje, mais três cidades mineiras decretaram situação de emergência, elevando para 74 o número de municípios nesta situação. Segundo a Defesa Civil de Minas Gerais, em todo o Estado, 124 cidades estão afetadas pelas chuvas.

Em todo o Estado de Minas Gerais, 1.242.545 foram afetadas de alguma forma pelos temporais, o número de desalojados beira 17.000 pessoas, com 2.345 desabrigados. Dezesseis pessoas morreram.

As estradas que cortam o Estado de Minas Gerais estão em péssimas condições.

<>

TRAGÉDIA DAS CHUVAS - O SOCORRO DOS HOSPITAIS DE CAMPANHA CHEGA EM TERESÓPLOIS E NOVA FRIBURGO.


A Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil (Sesdec) montou em Nova Friburgo o segundo Hospital de Campanha do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro para ajudar no atendimento às vítimas de deslizamentos na Região Serrana fluminense. A outra unidade está instalada em Teresópolis e já atendeu a 24 pacientes, desde ontem. Destes, os casos mais graves foram transferidos para o Hospital de Clínicas e São José, ambos em Teresópolis.

Já o Hospital de Campanha de Nova Friburgo está instalado na Praça Demerval Barbosa Moreira, no Centro da cidade. No local também foi colocado o Tomógrafo Móvel, que estava atuando em Magé, mas foi levado para a cidade serrana para ajudar no atendimento às vítimas dos deslizamentos. A permanência do serviço no local é importante para agilizar o diagnóstico dos pacientes que serão atendidos no Hospital de Campanha.

Os hospitais de campanha vão atender tanto os pacientes com ferimentos menos graves, quanto aqueles em estado mais grave, que depois de estabilizados são transferidos para outra unidade capacitada a atender casos de maior complexidade.

No Hospital de Campanha de Nova Friburgo estão atuando seis médicos, 11 técnicos em enfermagem e quatro enfermeiros. A unidade conta com 11 leitos. Já no Hospital de Campanha montado em Teresópolis estão trabalhando 10 médicos, sendo cinco socorristas do Corpo de Bombeiros e cinco clínicos gerais civis, mais quatro técnicos em enfermagem e dois enfermeiros.
(Matéria transcrita do site da SEDESC)

MARINHA MONTA OUTRO OUTRO HOSPITAL DE CAMPANHA

A Marinha do Brasil também iniciou as atividades de seu hospital de campanha, que conta com seis ambulâncias, 22 médicos e profissionais da área de saúde.

<>




FOTOS E LEGENDAS MOSTRAM A DIMENSÃO DA TRAGÉDIA CAUSADA PELA CHUVA NA REGIÃO SERRANA DO RIO

Onde estará essa menina ? Quanta incerteza, angústia e vazio.

O sofá, a cômoda, o computador......os bens materiais, a vida familiar organizada que se vai assim...

É a lama.....

......é a lama

É pau,,,,

....É pedra.......

MAS NÃO HÁ DE SER O FIM DO CAMINHO

Começar de novo !

Com fé !

Honrando os que tombaram na luta pela vida


Por maior que seja o tamanho da dor e da perda......


Chorando, suando e sangrando, é preciso remover as "barreiras" e prosseguir....
<>

Seja solidário !  Você pode ajudar, então ajude ! 

Se informe sobre os pontos de arrecadação de alimentos, água e roupas. Divulgue e mobilize parentes, amigos, colegas de trabalho. AQUI NESSE BLOG, VOCÊ ENCONTRA ALGUNS SITES / LINKS ÚTEIS. ACESSE E SE ENGAJE NESSA CAMPANHA DE APOIO E SOCORRO AS VÍTIMAS DA REGIÃO SERRANA DO RIO.

<>

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

TRAGÉDIA DAS CHUVAS - ABASTECIMENTO DE ALIMENTOS AO RIO DE JANEIRO SERÁ AFETADO

Enxurrada na região serrana ameaça abastecimento de feiras e mercados fluminenses


Douglas Corrêa
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – O secretário de Agricultura do estado do Rio, Christino Áureo, fez um relato à presidenta Dilma Roussef, durante sobrevoo a Nova Friburgo, sobre os prejuízos provocados à produção agrícola da região serrana. Segundo ele, o comprometimento das vias de escoamento provocará escassez de produtos nas feiras livres e nos mercados.

Apesar de ainda não ter condições de estimar os números das perdas na agricultura, o secretário destacou a importância do setor na região, responsável por 40% do abastecimento de verduras e legumes para a população fluminense.

Áureo disse para a presidenta que cerca de 20 mil produtores rurais sobrevivem da atividade, movimentando R$ 850 milhões/ano.

Ele pediu também a Dilma Roussef a liberação de recursos para a compra de mais máquinas para reforçar as patrulhas mecanizadas do Programa Estradas da Produção.

Edição: João Carlos Rodrigues
<>

EM NOVAS IMAGENS A TRAGÉDIA DAS CHUVAS NA REGIÃO SERRANA DO RIO – ASSISTA O VIDEO DO RESGATE MAIS DRAMÁTICO.

As imagens impressionam, emocionam e chocam








VIDEO DO RESGATE DRAMÁTICO

A força das águas forma uma correnteza que vai “esfarelando” o que restou de uma casa. Na parte de cima da casa, uma mulher segura um cão no colo, e, em desespero grita por socorro, sem ter por onde escapar da enxurrada. Do alto de um prédio ao lado, alguns homens atiram uma corda, onde a mulher ainda abraçada ao seu animal de estimação se enrola e agarra. Ela cai na água, e vai sendo puxada pela corda. Não consegue, porém, evitar que ele seja arrastado pelo aguaceiro. Com muito esforço, numa demonstração de superação e solidariedade os homens conseguem puxar a mulher até o alto do prédio.


Ela está salva.

Assista o video
http://www.youtube.com/watch?v=ID5GRHFGTb4

<>

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

IMAGENS DA TRAGÉDIA EM TERESÓPOLIS E NOVA FRIBURGO

TERESÓPOLIS







NOVA FRIBURGO



Destruição por toda parte. E nesse momento não há muito o que se possa fazer. As autoridades estão enviando efetivo das Forças Armadas para auxiliar as equipes da Defesa Civil. Dois Helicópteros da Marinha foram para a área de Teresópolis. A presidente Dilma Rousseff vai visitar o Rio de Janeiro, e o governo federal anunciou a liberação de verbas para Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

<>

CHUVA EM SÃO PAULO – CIDADE DE FRANCO DA ROCHA ESTÁ INUNDADA E ISOLADA

.A Cidade de Franco da Rocha, na Região da Grande São Paulo, está alagada e isolada do resto do Estado. Através das Rodovias e da ferrovia que fazem ligação com municípios vizinhos é impossível chegar ou sair da Cidade.

Os prédios da Prefeitura, Delegacia, Fórum de Justiça, além de unidades comerciais situadas no Centro do Município estão inundados.

O Prefeito decretou estado de calamidade pública no município, mas, a ajuda que Franco da Rocha precisa ainda vai demorar um pouco para chegar.

<>

A TRAGÉDIA DAS CHUVAS NA REGIÃO SERRANA DO RIO – TERESÓPOLIS, PETRÓPOLIS E NOVA FRIBURGO EM ESTADO DE CALAMIDADE.

Bombeiros e voluntários tentam resgatar vítimas. 96 mortos na Região Serrana do Rio

É GRAVÍSSIMA A situação na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro.

Incontáveis deslizamentos de encostas e pedidos de socorro acima da capacidade da Defesa Civil dos Municípios e do Estado atenderem prontamente.

Em Teresópolis o número de mortos já passa de 70, e o número de desaparecidos é grande, fazendo prever uma perda de mais vidas quando o socorro conseguir chegar a todos os pontos onde ocorreram deslizamentos de terra e desabamentos.

Em Nova Friburgo, sete pessoas morreram, sendo três delas, incluindo uma criança no desabamento de um prédio de três andares, e quatro integrantes do Corpo de Bombeiros, quando a viatura em que se deslocavam para socorrer vítimas das chuvas foi atingida por um deslizamento de toneladas de lama de uma barreira. Outros três bombeiros estão desaparecidos.

Em Petrópolis o número de mortos passou de nove para dezoito em poucas horas.

Há uma grande dificuldade por parte da equipes de socorro em conseguir chegar a determinados locais, soma-se a isso a continuidade das chuvas que deixa o terreno cada vez mais suscetível a novos deslizamentos.

O governador Sérgio Cabral pediu a ajuda do governo Federal, e o vice-governador classificou o que está ocorrendo em Teresópolis e Cidades vizinhas como uma tragédia mais grave do que a ocorreu em Angra dos Reis na passagem de ano de 2009/2010.

Só quem não puder de todo deixar de viajar para a área afetada pelas chuvas deve fazê-lo, e assim mesmo com muita cautela. As principais rodovias que levam até a região Serrana estão com trechos apresentando restrição de circulação.
<>

As Matérias mais lidas da SEMANA