quinta-feira, 18 de novembro de 2010

PM É MORTO EM CONFRONTO COM COLEGAS NA ILHA DO GOVERNADOR - ELE ROUBAVA VEÍCULO E ATIROU CONTRA POLICIAIS QUE O ABORDARAM.


O comandante da PM, Coronel Mário Sérgio Duarte, apresentou um pediu desculpas à população, e lamentou a conduta de policiais, que "se jogam na vala como bandidos", em suas palavras.


E AGORA?!?! – PM CONTRA PM – DEZ POLICIAIS PRESOS POR ENVOLVIMENTO EM ROUBO DE AUTOMÓVEL.


O noticiário policial é triste, chocante, nos deixando indignados, por vezes tão perplexos que não conseguimos nem mesmo retratar o tema da forma mais adequada.

Ontem um policial foi morto na Avenida Rio Branco durante troca de tiros com um assaltante. O caso causou comoção, mas, nem bem se passaram algumas horas, e outra ocorrência policial gravíssima, chega ao conhecimento da opinião pública, revelando uma face assustadora da Polícia que deveria servir e proteger.

O cabo do 22º BPM (Maré) Fábio Andrade da Silva e outros nove policiais do mesmo batalhão estão detidos desde o início do dia acusados de envolvimento no roubo de um carro. Um policial militar do mesmo batalhão (também chamado Fábio) e que deveria estar patrulhando as ruas na mesma viatura policial que Fábio, foi morto em uma troca de tiros com uma guarnição do 17º BPM na Ilha do Governador.

Entenda o caso

Durante a madrugada, o cabo Fabio Andrade e o também PM Fábio Rodrigues Gonçalves abandonaram o serviço de patrulhamento na área do 22º. BPM, deixando a patrulha que deveria circular pelas ruas de Bonsucesso, no pátio da Unidade Militar, e seguiram em um carro particular para a Ilha do Governador. No bairro Moneró (Ilha do Governador) Fábio Gonçalves entrou em um carro Fox prata, roubado, enquanto o companheiro Fábio Andrade Silva, lhe dava cobertura permanecendo em seu carro particular.

Ocorre que policiais do 17º. BPM (Ilha do Governador) receberam uma chamada para o local, denunciando roubo de carro. Lá chegando, ao se aproximarem do veículo roubado, na Rua Sena, houve troca de tiros entre os policias militares que tentavam levar o carro roubado e os policiais militares que tentavam impedir o roubo. O cabo Fábio Gonçalves morreu no local, enquanto o cabo Fábio Gonçalves se rendia aos colegas de farda.

Esclarecida do que se tratava de fato a ocorrência, e comprovada a conduta dos policiais, o Comando da Corporação mandou deter todos que estavam de plantão no Batalhão da Maré, inclusive o Oficial de Dia, enquanto o cabo Fábio Andrade Silva, após prestar depoimento na DPJ-PM no bairro do Méier, foi levado para o Batalhão Prisional.

É OU NÃO ESTARRECEDOR? Além de se envolver em roubo de veículo, os PMS AINDA ATIRARAM CONTRA OS PRÓPRIOS COLEGAS!
<>

7 comentários:

  1. Depende, serar que o cabo fábio rodrigues atirou realmente primeiro????? as pessoas só sabem acusar sem saber o fato direito, vamos ver a apuração do org~eo que é destinado a apurar este caso, não vamos crucificar!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. na minha opiniao se ele estava de serviço porque que ele saiu do quartel para praticar atos ilicitos denegrindo a imagem da corporaçao.?

    ResponderExcluir
  3. eles tem que ser presos e expulsos da corporaçao para o bem da diciplina (sem julgamento)

    ResponderExcluir
  4. conheço amigos que prestaram concurso para pm e foram reprovados em avaliaçao medica no qual os mesmo serviram nas forças armadas,ficaram arrazados, emquatos esses trastes fazem m....

    ResponderExcluir
  5. E MELHOR ESPERAR O TERMINO DO PROCESSO,ONDE ESTÁ O PROPRIETÁRIO DO CARRO ROUBADO!!! SERÁ QUE HOUVE MESMO ROUBO?

    ResponderExcluir
  6. a nonimo disse...o pm recuperava o carro para a localisa,e naõ robava foi morto pela guarniçaõ assassina.

    ResponderExcluir
  7. COMO DISSE O Capitão NASCIMENTO NO FILME TROPA ELITE 2 A PM DO RIO TEM DE ACABAR.DEVERA SER CRIADA UMA NOVA POLICIA COM TODOS OS INTEGRANTES NOVATOS E BEM PREPARADOS.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA