terça-feira, 9 de novembro de 2010

MORTE EM TREINAMENTO DO BOPE – POLICIAL EDUARDO MARCELO DE 28 ANOS APRESENTOU DESIDRATAÇÃO E CONVULSÃO.


O Policial Militar Eduardo Marcelo Medeiros dos Santos, de apenas 28 anos, morreu na madrugada desta terça-feira, após passar mal durante o treinamento em que participava na sede do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Laranjeiras, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Eduardo que era lotado no 24° BPM (Queimados) foi um dos dez melhores colocados no processo de seleção para o curso de ações táticas do Bope

Além de Eduardo outros três policiais que participavam do treinamento apresentaram sintomas de desidratação e foram levados ao Hospital Central da PM. Os médicos constataram que o caso de Eduardo era de quadro de infecção renal e convulsões. Os outros três policiais (alunos) permanecem internados em observação.

Segundo o comandante do Bope, tenente-coronel Paulo Henrique Moraes, Eduardo e todos os participantes do curso tático, foram submetidos a exames médicos e psicológicos durante o processo seletivo e todos apresentaram resultados normais.

O caso está sendo objeto de apuração, mas, o fato de quatro policiais apresentarem sintomas semelhantes, e de gravidade tamanha, que um deles, jovem de 28 anos, e, segundo a própria Polícia Militar em perfeitas condições de saúde, ter vindo a falecer, mostra que deve ter ocorrido algum excesso nesse tipo de treinamento.

Aliás, fatos assim costumam ocorrer, e não são tão raros, evidenciando que, em algumas dessas baterias para ‘preparar e testar’ a capacidade física e psicológica de policiais e militares, limites são ultrapassados, e jovens pagam com a vida.

2 comentários:

  1. Lamentável um jovem perder a vida assim tão estúpidamente, que Deus console o coração dos seus familiares nessa hora tão difícil.
    Um abraço! Boa semana!!

    ResponderExcluir
  2. Eduardo era uma pessoa muito simpática e cordata.. um esposo ótimo e um pai exemplar além de um amigo para todas as horas ... É muito triste ver pessoas tentando dizer ou fazer parecer que ele mesmo foi responsável pela própria morte, quando sabemos que a verdade é outra.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA