quarta-feira, 10 de novembro de 2010

GRANDE MÉIER VIOLENTO – ASSALTO E MORTE EM MERCADO DE TODOS OS SANTOS

A seta destacada em vermelho, indica o ponto exato onde ocorreu o assalto seguido de morte, e indica a localização da 26a. Delegacia Policial. Os números em azul, os pontos da região onde ocorrem o maior número de roubos e assaltos, incluindo pedestres e motoristas.

Um dos sócios/gerente do Auto Serviço Multi-Fruti, situado na Rua Adriano, 91 em Todos os Santos, bairro do grande Méier, foi morto por assaltantes na tarde desta terça-feira, durante assalto ao estabelecimento.

Segundo informações da Polícia, Rafael Magalhães, 36 anos, foi baleado duas vezes por ter demorado a abrir um caixa do mercado, que foi invadido por quatro bandidos armados. Os assaltantes ainda roubaram celulares, carteiras, bolsa e jóias de funcionários e clientes e exigiram o dinheiro dos caixas.

Os bandidos fugiram em duas motos, enquanto Rafael foi socorrido e levado para Hospital Salgado Filho, no Méier, não resistindo, porém, diante dos graves ferimentos.

O caso foi registrado na 26ª DP (Todos os Santos), que fica na mesma Rua do estabelecimento comercial assaltado. É MAIS UM CASO DE VIOLÊNCIA, mais um homicídio que entra para as estatísticas, e mais uma ocorrência que mostra a precariedade do policiamento ostensivo na área do Grande Méier.

Repetindo o que já dissemos várias vezes, o efetivo do 3º. Batalhão da PM no Méier é insuficiente para dar conta da extensa e problemática área sob sua responsabilidade.

<>

29 comentários:

  1. Todos os moradores dessa área estão cansados de saber dos assaltantes em motos,isso acontece há anos. Todos os dias vários moradores são vítimas deles, todos sabem e a delegacia também. Isso é uma vergonha!

    ResponderExcluir
  2. Aline - moradora do Bairro de Todos os Santosquarta-feira, 10 de novembro de 2010 13:41:00 BRST

    esse fato aconteceu onde existe uma delegacia, onde vamos parar. Peço atenção à nós moradores do bairro, só queremos andar com tranquilidade.

    ResponderExcluir
  3. Algumas informações mão estão corretas.
    Raphael tinha 28 anos, era gerente do estabelecimento e não levaram pertences e dinheiro do caixa.
    Levaram a vida de uma pessoa muita querida por todos do bairro.

    ResponderExcluir
  4. Prezados comentaristas

    O blog se propõe a divulgar os casos de violência e assalto que acontecem na a´rea do Grande Méier, e que muita das vezes não são noticiados. A informação do local, hora, tipo de ocorrência pode ajudar no sentido de que ocorra uma pressão dos moradores e as autoridades olhem com mais atenção essa região.

    As informações podem ser passadas aqui pela tela, ou pelo e-mail bondeblog007@hotmail.com.

    O sigilo é absoluto, mas oriento sempre no sentido de manter o anonimato, pode até divulgar nome, jamais nome completo.

    Quem sabe conseguimos juntos mapear onde estão ocorrendo os problemas, e fazer chegar as autoridades essa justa reclamação por um melhor policiamento na área.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  5. Estou muito triste com o que aconteceu. Sou cliente fiel do "mercadinho" e TODOS os funcionários são ÓTIMOS. Todos são educados, simpáticos e super trabalhadores. Rafael era super eficiente, sempre alegre e responsável com nossos cartões de crédito e pedidos de compras ao telefone. Sinto muitíssimo. A polícia precisa olhar mais pelo nosso bairro, nossas famílias e amigos.

    ResponderExcluir
  6. ASSALTOS A PEDESTRES E MOTORISTAS NAQUELA ÁREA É ROTINA.
    INFELIZMENTE, A POLÍCIA AVISA QUANDO VAI SUBIR UM MORRO PARA INSTALAR UMA UPP, E COM ISSO OS BANDIDOS DALI SAEM E LEVAM TODO ARMAMENTO PARA OUTRO MORRO DA MESMA FACÇÃO.
    DESTA FORMA ELES ESTÃO REFORÇANDO O CONTIGENTE DE MARGINAIS DAS ÁREAS QUE NÃO TEM UPP, QUE É O CASO DO MÉIER, POR EXEMPLO.
    DE UNS TEMPOS PARA CÁ, QUASE TODO DIA TEM ASSALTO NESSA ÁREA, E OS GOVERNANTES NÃO FAZEM NADA PARA EVITÁ-LOS.

    ResponderExcluir
  7. Prezado anônimo (comentário 14:30)

    Para divulgar a matéria utilizei informação da grande imprensa e da autoridade Policial. Os depoimentos e versões de moradores chegaram até o blog, mas, desencontrados e sem nehuma condição de confirmação. Sei que o sepultamento do corpo do Rafael ocorreu hoje, as 12 horas, que a informação de que clientes do estabelecimento também foram roubados é negada por muitas pessoas.

    Maiores informações sobre o fato em si, que não mereceu quase nehuma importância do noticiário tradicional, são importantes, mas, me parece que o fato principal é que um jovem foi morto às 16:00 horas dentro de um estabelecimento, numa das vias mais movimentadas do bairro, o que mostra como estamos desprotegidos.

    Lamento pela vida do jovem, e por todo sofrimento de familiares e amigos, Essa dor da violência sem limites é algo com o qual não podemos nos conformar. Não se resolve violência e criminalidade só com ação policial, mas, sem ação policial é que não se consegue nada mesmo.

    Um abraço, grato pelo esclarecimento e estejam à vontade para postar informações sobre o fato e sobre a violência nessa ou demais regiões, sempre com o lembrete de que o blog tem normas rígidas quanto a forma de expressão.

    ResponderExcluir
  8. Todos os dias ficamos sabendo de assaltos na Magalhães Couto, Coronel Cota, atrás da Escola Francisco Jobim, Caetano de Almeida, etc, com rapazes de motos e ninguém faz nada. Há anos um policial foi morto quando tentou salvar uma vítima de assalto no cruzamento da magalhães Couto com Adriano. Um homem foi morto em frente ao ponto de ônibus 232 e haviam crianças brincando no local e tudo isso só entra para a estatística. Jamais cruzei com policiais nesses quarteirões.

    ResponderExcluir
  9. Prezado anônimo (14:39)

    Essa Escola não fica ao lado do prédio da 26a. DP ?

    ResponderExcluir
  10. Sra. Mara

    boa tarde

    Agradeço seu depoimento. Realmente é triste ver um fato assim, e, assustador quando a violência bate de forma tão forte.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  11. Assalto na porta de Escola, e ao lado de uma Delegacia é um absurdo completo.

    Vou tentar montar um mapa comtemplando essa região de TODOS OS SANTOS.

    Grato

    ResponderExcluir
  12. O rapaz estava trabalhando... isso é um absurdo, eu como morador e frequentador do mercadinho me sinto indignado e com uma sensação imensa de insegurança... temos que agir, amigos só com a união poderemos fazer alguma coisa pelo nosso querido bairro... chega de violência...

    ResponderExcluir
  13. Simplesmente estou chocada com a morte do Rafael.

    ResponderExcluir
  14. Boa noite

    O fato teve uma grande repercussão em todo o bairro, a família dona do estabelecimento é muito antiga e querida no local. A violência do crime deixa a todos chocados e preocupados.

    Em termos de melhorar as condições de segurança da região so há uma coisa que possa ser feita, pressionar as autoridades. Se o fato cair no vazio e esquecimento, como outros que ocorreram na redondeza, tudo vai continuar como está e outros episódios lamentáveis poderão ocorrer.

    Da minha parte, nesse espaço e nos outros blogs, vou continuar a postar matérias de interesse do grande méier, ainda que muitas vezes me sinta pregando no deserto.

    ResponderExcluir
  15. Oi André,

    Infelizmente o crime e a violência estão se alastrando contínua e progressivamente. Penso mesmo que seja o tráfico o maior precursor desses despautérios, onde a vida da pessoa é tirada abruptamente, bastando qualquer gesto ou atitude banais que desagradem o ofensor.

    Bom, vim lhe agradecer a sua visita. Fiquei feliz, pois há muito não lhe via em meu cantinho. E, do jeito que as coisas andam prá mim, é provável que eu também mais comente os postes dos amigos do que, propriamente, elaborar os meus.

    Beijos e até mais ver...

    ResponderExcluir
  16. Tristeza!!!!!
    Acumulo multas por avanço de sinal, fui ameaçada de morte por mae de aluno dentro de uma escola publica - 3ªCRE- tenho amigos na Domingos Freire e Paulo s Araujo,os quais não visito +...E agora esta!!!!!!!!!!Desejo q a familia e amigos superem a dor e nao se deixem corromper pelo ódio...Nós cidadãos do bem em algum momento teremos paz, q é o q merecemos!!!!!!!!Paz e bem.

    ResponderExcluir
  17. Já andou numa viatura policial???
    Quando fui agredida, os PMs, muito atenciosos e educados compareceram à escola e nos encaminharam à delegacia em seu carro. Nao passa de 60Km, é todo rasgado,f...
    Fica dificil!!!!!Não justifica mas nós cidadaos de bem temos q PARAR TUDO!!!!!!!!!!! Aí vai dar jeito....

    ResponderExcluir
  18. Prezados leitores, Morro na rua há 20 anos no Méier e infelizmente e inadmissível tanta violência no Méier e as autoridades sabendo que esta área esta ficando insuportável. Você compra um veiculo e se assusta com o valor do seguro porque o CEP do Méier e considerado como área de risco, pergunto eu ate quando vai durar isso?

    ResponderExcluir
  19. Boa noite

    Eu conheço as viaturas de polícia. Agora até que estão melhores, mais conservadas.

    Acredito que a violência seja inadmissível em todos os lugares, mas, é claro que no espaço onde vivemos e temos de alguma forma a possibilidade de tentar minimizar o problema, nosso esforço nesse sentido é necessário.

    Enviar protesto ao governo do ESTADO, COLOCAR FAIXAS, convidar uma TV para fazer reportagem na área... ou seja, não calar, não silenciar diante da pouca atenção que o bairro recebe são formas de participação ativa.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  20. O INCRIVEL ,DISSO TUDO É QUE TEMOS UM BATALHÃO DA PM,UM DOS BOMBEIROS ,E TRES DELEGACIAS EM TORNO DESSAS AREAS CITADAS!!!

    ResponderExcluir
  21. bom dia para todos

    Infelizmente aconteceu o que ja era imaginado, um mercadinho de pequeno porte e com uma grande clientela, os bandidos ja imaginavam que teriam um bom dinheiro no caixa, já trabalhei la, os funcionarios do mercadinho são otimos, educados, simpaticos os donos tuninho, tequinha e dona maria, sao gente boa,

    Caros leitores, quando vamos as urnas votar nos levamos nossa colinha de deputados vereadores prefeitos e presitente, muita gente nao ve jornal, nao escuta um noticiario, e nao ver quem mora no bairro e pode fazer por nós,temos mais de 4 milhoes de cariocas se 2 milhoes visse horario politico ja estava muito bom, saberiamos melher em quem votar, nosso prefeito no qual eu nao votei so quer saber de recolher multas de transito, choque de ordem contra o trabalhador que nao tem emprego e vira ambulante para levar o pao de cada dia para os filhos,cobrar valores de iluminação pública, e cade a nossa segurança, infelizmente hoje dia 12/11/2010 vi uma reportagem no RJ NO AR dois policiais sendo presos por pedir R$ 1,000,00 para um motorista de vam que estava irregular para libera-los, isso um absurdo, precisamos sim de uma copa do mundo no BRASIL E UMA JOGOS OLIMPICOS NO RIO, VAMOS FAZER UMA FESTANÇA E UMA OPERAÇAO PLICIAL PARA GRINGO VER, ISSO É MUITO LEGAL, MAS ANTES DE GRINGO VER A EFICIENCIA DE NOSSA POLICIA, EU QUERIA VER PRIMEIRO POIS MORO AQUI.


    Senhores investigadores da Policia Civil e da Policia Militar, nesse assasinato tem coisa, tipo acerto de contas.

    ResponderExcluir
  22. Moro bem próximo ao mercadinho, e todos os funcionários são educados, não tenho o que falar.
    O que eu soube é que não houve assalto nenhum,os motoqueiros chegaram apenas para matá-lo. Se êle tinha algum problema, não importa, não deveria ter morrido. Era jovem e trabalhador. Não importa o motivo, estamos à mercê da bandidagem e da violência.

    ResponderExcluir
  23. POLÍCIA CIVIL E MILITAR, PROCUREM E ACHEM ESSES BANDIDOS. ESTA HISTÓRIA ESTÁ MAL CONTADA.

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  25. Boa tarde

    Também acho que a Polícia deve investigar, não só esse, mas todos os casos de assalto, em especial os seguidos de morte. A vida é um bem precioso, e necessita ser respeitada. Existem várias versões para o fato, e só uma investigação poderá (ou não) elucidar o caso.

    Por enquanto, a versão que vale é a de assalto.

    Quanto ao último comentário, ele foi por mim retirado. Peço a compreensão do anônimo que o escreveu. Não posso manter uma afirmação da qual não há comprovação, e contra quem, pelos motivos óbvios, não pode ser dada oportunidade de se defender.

    Grato

    ResponderExcluir
  26. Hoje já é dia 19/11 e a morte desse jovem no mercadinho de rua que eu frequento não me sai da cabeça. Como ir sossegada agora no comércio dali? Não é o primeiro caso de assalto, mas seguido de morte que eu saiba é. Os comerciantes da rua tem que se unir e cobrar providências, segurança e os moradores também.

    ResponderExcluir
  27. Muito fácil todo mundo julgar por uma história sem qualquer tipo de prova...
    Quem mora na rua sabe BEM o motivo pelo qual este rapaz foi morto.
    Não houve assalto, não houve pânico.
    Motoqueiros foram lá com o objetivo de matá-lo.
    O motivo muita gente da região já sabe.
    Procurem se informar antes de julgar.

    ResponderExcluir
  28. A SOU AMIGO PESSOAL DE TODAS AS PESSOAS NAQUELA LOCALIDADE E QUE ACONTECEU,TENHAM CERTESA NÃO FOI ASSALTO,BUSQUEM INFORMAÇOES E VOCES IRÃO SABER,MESMO ASSIM NADA JUSTIFICA A MORTE DESTE TRABALHADOR.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, ele é importante registro de sua visita e a expressão da sua opinião.

As Matérias mais lidas da SEMANA